Vantagens da Mãe Ficar em Casa
Vote neste Post!

O dilema de muitas mães é quase o mesmo,  trabalhar ou ficar em casa e se dedicar integralmente aos filhos e a família. Antigamente era muito comum a mulher casar-se e se dedicar a familia, hoje os tempos mudaram. Mas ainda assim há mulheres que optam por estar em casa junto aos filhos e poder assim acompanhar de perto a educação dos mesmos.

De certo que optar por trabalhar ou por ficar em casa traz benefícios e malefícios e você precisa saber qual dos dois vai te satisfazer mais. Além de ser uma decisão difícil, esse assunto é bem polémico, há sempre quem defenda a decisão da mãe que trabalha fora e quem defenda a decisão da mãe que abandona a vida profissional para se dedicar aos filhos. O importante é que essa é uma decisão pessoal e você não pode deixar se influenciar por ninguém.

trabalhar-fora

Se você tiver condições financeiras que lhe permita parar de trabalhar e estar junto ao seus filhos e se acima de tudo se sente bem com esta decisão, não vejo porque não optar por isso. Mas lembre-se sempre que esta deve ser uma decisão tomada em consenso com o seu marido para que não haja problemas futuros relativamente as responsabilidades da casa e possivelmente ‘cobranças infundadas’ de uma parte ou de outra.

Se dedicar integralmente a família e aos filhos é uma das tarefas mais recompensadoras que uma mãe pode ter. Acompanhar de perto cada gesto, cada passo, cada olhar, cada pequena mudança que os pequenos proporcionam. Isso é realmente algo que não tem preço.

Outra vantagem é poder participar activamente das actividades da escola e perceber as reais necessidades do seu pequeno a tempo delas serem sanadas. Os laços com os filhos ficam mais estreitos e eles te veem como uma amiga e confidente, que está sempre por perto para poder ampará-lo sempre que necessário.

A educação do seu filho é a coisa mais importante que pode existir. A educação é a base de tudo. Por isso mesmo a mãe que cuida dos filhos integralmente pode observar a evolução e as dificuldade da criança podendo ter tempo para se dedicar ao pleno benefício do pequeno.

Outro factor positivo é que crianças que crescem com a presença constante da mãe adquirem um senso de família e união muito maior que as outras crianças. Elas aprendem a preservar, unir e a respeitar a família e as outras pessoas e tendem a ser menos depressivos ou rebeldes, já que tem o apoio constante da mãe.

E não é porque a mãe não trabalha fora de casa que as responsabilidades dela é menor. Gerenciar uma casa, cuidar dos filhos e do marido merece a mesma atenção do que planejar a agenda ou a vida profissional; tudo segue a mesma rotina, esforço e método. 😉

2 COMENTÁRIOS

  1. Gostei muito do seu post. Acho que é bem por aí.
    Sempre trabalhei fora e gostava muito. Mas depois que tive minha filha passei a perceber o quanto estava abdicando para me dedicar ao trabalho, comecei a repensar meus objetivos, reavaliar minhas prioridades. Há 4 meses parei de trabalhar para me dedicar a minha filha e ao longo desses meses pude perceber uma crescente melhora no desenvolvimento dela! Ela sempre freqüentou creche, desde 4 meses de vida. Mas hoje ela está muito mais desinibida, solta, alegre, feliz!!!!
    Na ultima reunião de pais fiquei muito feliz quando a professora me disse que minha filha havia melhorado muito o seu comportamento, demonstrando muito mais confiança.
    Já estou colhendo os frutos por ter seguido o meu coração!! É o melhor salário!!!! :))

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here