Adolescentes e Pré adolescentes Gravidez

Taças Tibetanas – Um instrumento de cura

Vote neste Post!

Neste nosso mundo acelarado e em permanente mudança, cada vez mais surge o apelo a um repensar o rumo de evoluçao que tomámos. Surgem problemas de saude associados a químicos alimentares, abuso de medicamentos (que tornaram as bactérias mais resistentes), são cada vez mais frequentes estados de mal estar psicológico, doenças como a depressão, etc. Estamos em fase de redescoberta do que é qualidade de vida, e o que podemos fazer para obter melhor qualidade de vida.

As chamadas terapias complementares surgem na tentativa de dar uma resposta. Actuam no aumento do bem estar, reforçando a saude psicológica e física. Entendem o indivíduo como um todo, defendendo a inter-relação entre corpo, mente e espírito e a importância de satisfazer as necessidades destes 3 diferentes planos da nossa existência para mantermos uma existência equilibrada e feliz.

São métodos diversificados de origem ancestral, que levam o ser humano á redescoberta de si mesmo e do seu potencial, conduzindo-o numa permanente rota de evolução em todas as suas esferas de vida.

A utilização terapêutica das taças tibetanas conta-se entre estes métodos complementares de cura.

As principais vantagens da sua utilização são:

•    Melhor Capacidade para atingir um relaxamento profundo
•    Redução da ansiedade, do stress físico e emocional
•    Energização do corpo físico
•    Eliminação de bloqueios e dor física
•    Reforço do sistema imunológico
•    Aumento da criatividade, concentração, capacidade de acção e autoconfiança
•    Maior domínio sobre a resolução de problemas e preocupações
•    Sensação de bem estar
•    Alinhamento dos centros energéticos
•    Purificação de ambiente

São originárias da cultura pré-budista, mas desde a decada de 80 que o seu poder curativo tem sido amplamente estudado e aperfeiçoado através da Academia Peter Hess, de origem alemã.  Actualmente a sua produção tem controlo de qualidade, existem numerosos estudos cientificos que comprovam a sua eficácia e existe formação especializada para trabalhar com o seu som e vibração em diferentes aplicações:

•    Massagem de som;
•    Concertos de som;
•    Trabalho com crianças;
•    Trabalho com pessoas portadoras de deficiência;
•    Trabalho com idosos;
•    Trabalho de estética;
•    Etc.

O seu som e vibração são profundamente harmoniosos e relaxantes, favorecendo uma imediata sensação de prazer e bem estar, independentemente do nível de sensibilidade do indivíduo e sem o constrangimento da nudez ou do toque associado a outras técnicas de relaxamento.

O seu contexto de utilização pode ser perfeitamente ludico, como o caso de um concerto, favorecendo e simplificando o recurso a este método terapeutico.

Texto de Tania Faísca – Visite o blog: Sintonizarte

 


Sobre o Autor

Blog Da Criança

Blogger profissional. Editora de Conteúdos Web em Língua Portuguesa. Formação Universitária em Psico-Pedagogia, com especialização em Psicologia Infantil e História da Educação. Pós Graduada em Administração Escolar.

Deixe um Comentário

Captcha