Ao ler a narrativa de uma amiga a Keli Kamitani,  acerca da dificuldade que ela teve nos hospitais quando sua filha Heleninha necessitou de uma transfusão de sangue ( devido a um problema de saúde que está a atravessar), foi que decidi fazer este post e incluir um pouco do texto da Keli aqui. A Keli tem feito um trabalho maravilhoso de conscientização nacional sobre a situação calamitosa que se encontram os hospitais no Brasil.

Veja abaixo a narrativa da Keli, e a seguir deixarei o link do blog da Keli para vocês poderem ler mais, não só sobre este tema; mas também para conhecer tudo que a Keli faz e também seus artesanatos. ……."Você já parou para pensar como é difícil para alguém depender do sangue dos outros para sobreviver? Olha, eu tive a alguns meses atrás uma experiência terrível… A Heleninha estava com o número de plaquetas (as células de coagulação do sangue, que impedem as hemorragias) baixíssimas, em pouquíssima quantidade mesmo! A quimioterapia era bastante agressiva e baixava todas as células do sangue, na verdade inibia a medula a produzir as células… Ficamos em alerta!

Ela estava bem, mas meio pálida demais, os dentinhos pareciam meio sujos, amarelados demais (eles são lindas canjiquinhas brancas)… até que começou a sangrar as gengivas dela e não parava, ela adormeceu… ligamos para o médico e ele falou para acompanharmos, caso o sangramento persistisse nós a levaríamos para o Hospital… esperamos uns 10 min e quando fomos abrir sua boquinha estava repleta de sangue… ela não conseguia nem engolir… fomos correndo para lá.

Quando chegamos o médico avaliou e pediu calma, mas que iriam interná-la para transfusão que aconteceria assim que eles conseguissem…"………

Leia a continuação do texto e toda informação sobre doação de sangue no blog da Keli, no link abaixo: Blog Keli Kamitani

2 COMENTÁRIOS

  1. Querida eu não conhecia este teu outro cantinho, AMEI! Acho que você deveria dar mais enfase no outro bloe de artesanatos… Obrigada pelo carinho, um beijo no seu coração, Keli.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here