Você já deve ter ouvido falar nos jornais ou em programas televisivos sobre o Bullying, mas você sabe o que é Bullying? Antes de mais gostaria de lembrar que o Bullying sempre existiu só que não tinha este nome. Antigamente também  haviam crianças que se juntavam com outros colegas para amedrontar e atacar aquele coleguinha mais indefeso, mais frágil, ou até mesmo que tivesse alguma diferença física que pudesse chamar a atenção e ser usada como motivo de brincadeiras de mau gosto e até mesmo agressões.

Hoje não é diferente, apenas acrescenta-se alguns resquicios de crueldade e violência física extrema que além do trauma psicológico, pode levar a criança a ter sérias sequelas ou levando-a até mesmo a morte. Porque tanta violência? Você se pergunta isso e eu também me pergunto?

Porque crianças e adolescentes que em sua maioria tem uma vida mediana, tem acesso a internet, a educação, e quase sempre têm tudo que querem fazem isso? Educação omissa? Pais ausentes? Pais demasiadamente permissivos? Falta de diálogo em casa? Como eu sempre digo a educação começa em casa, a escola tem meramente o papel de transmitir conhecimentos culturais e não regras morais. Cabe aos pais conversar, educar, observar, orientar e tomar as devidas providências quando um filho comete um ato desrespeitoso dentro de casa, só assim ele será um ser humano digno na ‘rua’;ou seja fora de casa.

Vamos começar por entender o que vem a ser o Bullying:

Bullying é  um termo inglês utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos,  praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo incapaz de se defender.

Dan Olweus cientista sueco define bullying como:

1. o comportamento é agressivo e negativo;
2. o comportamento é executado repetidamente;
3. o comportamento ocorre num relacionamento onde há um desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas.

Técnica de Bullying:

* espalhar comentários;
* recusa em se socializar com a vítima
* intimidar outras pessoas que desejam se socializar com a vítima
* criticar o modo de vestir ou outros aspectos socialmente significativos (incluindo a etnia da vítima, religião, incapacidades etc).

Características da personalidade dos bullies (que são os que praticam o bullying contra outros):

– Extremamente auto-confiantes;
– Geralmente são filhos excessivamente mimados;
– Crianças que têm dificuldade em ouvir não dos pais ou de estranhos;
– Adolescentes agressores têm personalidades autoritárias, combinadas com uma forte necessidade de controlar ou dominar;
– Empenho excessivo em acções obsessivas e/ou rígidas;
– Geralmente são crianças que em casa comandam as decisões dos pais como onde ir, o que almoçar, que programa de televisão assistir, etc;

Tipos de bullying:

Há diversos tipos de ataques desde os mais brandos até os que levam a violenta agressão física.

– Fazer comentários depreciativos sobre a família de uma pessoa (particularmente a mãe);
– Fazer comentários depreciativos sobre o local de moradia de alguém;
– Fazer comentários depreciativos sobre aparência pessoal, orientação sexual, religião, etnia, nível de renda, nacionalidade ou qualquer outra inferioridade depreendida da qual o bully tenha tomado ciência;
– Fazer que a vitima passe vergonha na frente de varias pessoas;
– Ataques físicos repetidos contra uma pessoa, seja contra o corpo dela ou propriedade;
– Insultar a vítima; acusar sistematicamente a vítima de não servir para nada;
– Depreciar a vítima sem qualquer motivo;
– Espalhar rumores negativos sobre a vítima;

Locais de bullying

– Escolas, universidades, ginásios, entre vizinhos, local de trabalho, etc.

No Brasil, Serginho Groisman apresentador do programa ‘Altas Horas’ da Rede Globo lançou recentemente uma campanha para combater a prática do bullying. No programa Altas Horas, Serginho Groissman tem entrevistado muitsa pessoas que passram pela humilhaçao do Bullying.
Com o objectivo de acabar com o Bullying nas escolas, Serginho Groisman criou um cartaz especialmente para que as escolas espalhem pelas salas de aulas e outros ambientes escolares.

Você pode participar desta campanha imprimindo o cartaz e divulgando entre os seus amigos. Diga Não ao Bullying!

O cartaz foi foi produzido pela Globo Comunicação e Participações S/A para fins de divulgação da Campanha “Altas Horas contra o Bullying”, sendo vedada a sua utilização para fins comerciais e políticos, sua edição, alteração, ou sobreposição imagens.

Saiba mais em: – Bullying

Fonte: Wikipédia

 

25 COMENTÁRIOS

  1. Jaah fuui vitimaah dd BULLYING!!
    prea miin fooi dificiiu mais eu conceguih grassas aa minhaah força dd vonttaddeh!!
    Oo garotooh qq praticavaah BULLYING hojeeh elle ee meeu melhor amigooh!!
    pra vooc qq jah fooi vitimaah dd bullying ii por inquantooh naun conceguil vencer aa pessoa q praticaah naun desistt camentaah com seeu diretor(A) ii tbm cum suua mae!!
    ii pra vooc qq praticaah oo BULLYING por favor eu pesso pelo oq ee mais sagradooh qq paree isso pood causar variios problemas i bonbiaah pood levaar atteeh aa mortt!!

    VAMUS TODUS DIZER *NÃO AO BULLYING*!!

  2. na minha escola E.M josé ferreira em Itabora estamos com uma campanha contra o bullying ,são pequenos gestos de colaboração que muda o mundo,isso é pra vc diretor,professor e principalmente aluno,ningém vive sozinho a diferença que nós une….

  3. PRA MIM O BULLYING É UMA SITUAÇAO CARACTERIZADA POR ATOS AGRESSIVOS VERBAIS OU FISICOS DE MANEIRA REPETITIVA POR PARTE DE UM OU MAIS COLEGA

  4. pAra mim o BULLYING é um ato que fas uma pessoa se sentir muito mau por ter cido agredido por essa forma maluca de ser!!!
    por isso eu digo, não pratique o BULLYING!!! BULLYING???!!! é hórriveu!!!!!!!!!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here