Diário de Adolescente - Um Hábito Saudável

Antigamente quase toda adolescente  vivia as voltas com o seu diário. O diário era aquele caderno onde você contava tudo o que acontecia durante o dia, seus sonhos, angústias, desejos. Era o nosso amigo confidente, onde escreviamos todos os segredos que ninguém podia saber.  As meninas de hoje em dia ainda preservam e criam diários. Pode ser que seja de um jeito diferente do que as adolescentes de antigamente faziam, mas quase toda menina tem o seu diário ou gosta de escrever suas coisas em algum caderno, agenda, ou até mesmo num blog.

Na verdade o diário de papel tem sido deixado um pouco de lado e os blogs têm entrado em cena. Um blog nada mais é do que um diário virtual, a diferença é que todos podem ler o que é escrito e por isso não convém expor muito sua vida íntima, nem contar segredos já que milhares de pessoas terão acesso. Para algumas adolescentes o  diário de papel ainda é o melhor amigo.

As adolescentes começam a escrever os diários como uma válvula de escape, já que nem todas tem amigas que possam confiar ou não gostam de sair contando os segredos para todo mundo. aliás é bom lembrar que muitas pessoas não merecem partilhar da nossa intimidade. Geralmente o diário começa contando a vida da adolescente, e mais tarde ele fica repleto de pensamentos, ideias, sonhos e angústias. A rotina é deixada um pouco de lado e o caderno serve como uma fonte de desabafos.

Manter um Diário é um Hábito muito Saudável!
Manter um Diário é um Hábito muito Saudável!

E não pense que há idade para começar ou largar o diário. Geralmente as meninas começam em torno dos sete anos, idade em que aprendem a escrever e vão até quando quiserem, sem idade limite. Começam com uma pequena agenda onde podem colar adesivos e figuras de personagens de histórias infantis ou algum item que apreciem como o ballet, música ou algum esporte.

Já mais para a frente, perto da adolescência o diário se transforma num local de refugio, onde a pessoa se sente segura para escrever tudo o que sente, sem medo ou preocupações; e é por isso mesmo que o diário é intimo e guardado a sete chaves. Não há nada mais desagradável do que alguém ler o que você escreveu sem permissão. Por isso, a mãe não deve nunca bisbilhotar no diário da sua filha. É algo muito intimo, se ela quiser que a mãe leia, ela deixará, caso contrário, é porque não deseja partilhar seus pensamentos.

As vezes é por esse mesmo motivo que as adolescentes não trocam a segurança das agendas de papel pelos caracteres da internet. Os segredos são apenas para as amigas mais intimas e o diário. Ter a vida exposta para uma rede que milhões de pessoas possam ler incomoda muito as adolescentes.

A vantagem do diário é que a adolescente pode compartilhar os textos com quem ela quiser e o melhor de tudo: pode ler o que escreveu a qualquer momento. Os momentos importantes ali registrados ficam para sempre, e é importante que a adolescente olhe para trás e veja tudo o que já vivenciou. E quem sabe, porque não, virar um livro de memórias que será lido por netos, sobrinhos e as gerações futuras?

Para além de escrever no diário, muitas começaram a se dedicar ao scrapbooking que é também parecido com o diário, mas que muitas vezes se transforma num livro de recados e serve para  repassar entre as amigas para que cada uma delas deixe um poema ou uma mensagem de recordação.

O diário pode mostrar o quanto uma adolescente consegue amadurecer e evoluir em pouco tempo. Cada passagem difícil, alegre ou triste que está no diário demonstra uma fase da vida dela e é um ponto de passagem para o amadurecimento e para a formação dela como adulta.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here