Pré-Eclampsia e Eclampsia

Já ouvimos falar de Pré-Eclampsia e Eclampsia, mas o que vem a ser estes nomes?

…..”A Pré-Eclampsia é o nome dado ao aumento da  tensão arterial, acompanhada pela eliminação de proteínas pela urina  ou de retenção de líquidos (edema). Geralmente manifesta-se entre a 20.ª semana de gravidez e o final da primeira semana depois do parto. A eclampsia é uma forma de pré-eclampsia mais grave, que provoca convulsões ou coma. As causas da pré-eclampsia e da eclampsia são desconhecidas. Na pré-eclampsia, a tensão arterial é superior a 140/90 mmHg, aparecem edemas no rosto ou nas mãos e são detectados valores anormalmente elevados de proteínas na urina. A pré-eclampsia e a eclampsia não respondem aos diuréticos (fármacos que eliminam o excesso de líquido) nem às dietas de baixo teor em sal.”…..

Para saber mais sobre Pré-Eclampsia e Eclampsia, visite o site da Merck no link abaixo:

Merck – Pré-Eclampsia e Eclampsia

10 Comments on this post

  • jocasta damasceno

    14 de março de 2011 at 18:52
    estou fazendo tcc sobre pré eclampsia se vc paderiam me mandar alguns materiais para o meu tcc obrigada e fico na espera
  • jorge luiz

    25 de outubro de 2010 at 22:00
    Boa tarde gostaria de saber ;tenho um casal de filhos, que a mae teve eclampsia no parto,graça a deus estao todos bem só que o menino agora com 13 anos já teve 3 convuçoes .já feis exame não descubrir o que ele tem fale me sobre está doença . grato jorge
  • Patrícia

    7 de junho de 2010 at 22:31
    Bom eu tive uma gravidez tranquila nunca tive nada q me viesse pensar em ter q ir ao médico somente as minhas consultas ao pre natal ,mas porem um dia arranquei um dente e começaram a dizer q naum eu podia arranca-lo e nesse meio tempo o meu adryan estava se mexendo pouco eu notei porq ele era um reloginho,entaum por encargo de consiência fui ao médico e a medica m disse o seguinte vc perdeu liquido e o bebe esta com pouco peso tem q ficar e fazer um parto induzido... Bom dai o meu mundo caiu entaum para o hospital conceição e lá graças a deus hoje estamos aqui eu e o meu adryan razão do meu viver mas na verdade antes de eu saber o q eu tive e o q era a sindrome de hellp mas ate ai a minha preocupação era o meu filho eu naum importava mas passado tudo o parto tal elas naum m falaram nada stava me sentindo bem fui para a sala de repouso dai depois pro quartodo quarto fui direto pra uma uti só q eu estava lucida fiquei atenta os 2 dias q eu permaneci lá ,a minha preocupação continuava sendo sobre meo filho lá uti naum m davam imformação alguma sobre ele somente q ele estava numa neo mas dai fizeram uns exames e tudo bem fui para o quarto dai os medicos vieram m explicaram e eu vim a saber como é grave essa doença q eu nem sabia q existia.M deem mais informações sobre ela eu pretendo engravidar de novo mas tenho medo existe possibilidade de adquirir de novo.Hoje eu vivo uma vida normal tranquila sem problemas algum o meu bebe hoje esta com um ano e cinco meses e muito bem graças a deus.M enviem resposta por favor
  • Cristina

    11 de outubro de 2009 at 22:47
    À 3 anos atras quando faltavam 2 semanas para terminar a gestacao do meu filho sofri do fenomeno de pré-eclampsia, sem que nunca mesmo antes de engravidar, tivesse tensoes altas. Foi tao repentino, que o parto foi provocado e nunca em momento algum me disseram o que estava a acontecer, apenas que o bebe tinha de nascer. Felizmente, omeu Gonçalo é uma criança saudavel mas fiquei com tendência a tensoes altas. Queria que soubessem que no meu caso correu bem e que vivo bem com as consequencias dessa doenca.
  • Marlene

    24 de setembro de 2009 at 9:08
    Eu tive pré-eclampsia e o meu filho nasceu com 34 semanas e 1.990kg. Teve que ficar 1 semana na incubadora e 15 dias internado para ganhar peso . Hoje tem 2 anos e é 1 criança saudável, perfeitamente normal. Gostava de ter outro filho daqui a alguns anos mas a anterior experiência foi assustadora que tenho muitas reticencias em relação a isso. Será que poderá acontecer de novo???
  • paty

    14 de agosto de 2009 at 20:09
    ola, gostaria de saber quais as reais possibilidades de eu ter pre eclampsia novamente pois tive na primeira gestacao e penso em engravidar novamente, na internet tem varias coisas e varias opinioes no site da revista crescer diz que as probabilidades sao de 50% quando com o mesmo parceiro e em outro site que nao me recordo diz que para quem ja teve a probabilidade é bem maior ter nas gravidez seguintes, alguem ja passou por pre eclampsia na 1 ª gestacao e nao teve nada na 2ª? me ajudem por favor!!!!
    • kat

      14 de agosto de 2009 at 21:55
      Paty geralmente quem teve na primeira gravidez tem uma tendencia maior a ter nas seguintes, mas isso so um medico poderá lhe afirmar com certeza. Se voce pretende engravidar novamente que tal passar por uma consulta com um bom medico e pedir orientações a ele? Assim vc se sentirá mais segura para saber se quer ou nao engravidar novamente.
  • otilia

    29 de abril de 2009 at 23:25
    A minha mãe teve eclâmpsia e faleceu, quando estava grávida de mim, por isso, foi-me dado nome dela. Nasci prematura, e durante muito tempo tive curiosidade em perceber o que se tinha passado. Tinha ouvido falar em negligência médica... mas não sei se foi, nem percebo muito. O assunto sempre foi um pouco "Tábu". Nasci na Daniel de Matos, a 15 de Abril de 1982. A eclâmpsia é hereditária?
    • marlene

      15 de novembro de 2011 at 20:55
      Também é um fator de risco, sua mae teve você pode ou não ter pré-eclampsia. É necessario ficar atenta aos sintomas. Como aumento de PA -140x90mmhg- dor de cabeça, dor de estomago, dor no quadrante superior esquerdo, alterações visuais.
  • jaciara leite

    29 de março de 2009 at 0:20
    Eu tive eclampsia e desenvolvi a sindrome de hellp, embora sabia perfeitamente o que estava acontecendo, mais nunca me dei oportunidade de achar que o pior fosse acontecer. Tive a Maria Rita com 25 semanas e ela pesava 575g, nasceu na daniel de matos.Ela hoje é uma criança muito saudavel e nunca teve problemas espiratorias. Ela hoje tem 2 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− um = 3

.